Acidente com queda de caminhão em arroio e provável óbito na BR 386
12/10/2017 - 20h16 em Novidades
A Polícia Rodoviária Federal está em atendimento a um acidente, no qual o condutor de um caminhão saiu da pista e caiu em um arroio. O acidente aconteceu no quilômetro 274 da BR-386, em Fontoura Xavier, possivelmente na noite de quarta-feira (11) - segundo relatos de um morador das imediações. 
 
Por volta das 10h desta quinta-feira (12), a PRF recebeu a informação de que um caminhão havia despencado de uma altura de cerca de 50 metros e estava com a cabine submersa no Arroio Tijela, localizado em Fontoura Xavier. A informação foi passada por um morador das proximidades do local do acidente. Ele informou que na noite anterior ouviu um barulho forte, mas que apenas na manhã de quinta-feira foi verificar o que poderia ter acontecido, deparando-se com a situação. 
 
Devido ao fato de o caminhão ter ficado muito distante da rodovia, por ser um local bastante íngreme e por terem restado poucos vestígios, este morador foi a primeira pessoa que viu o caminhão.
 
O local é de difícil acesso, o que dificulta os trabalhos das equipes. Para a retirada do caminhão, um bitrem, será necessário o uso de guindaste de outro município, cuja empresa já foi acionada pelo proprietário do caminhão acidentado. Porém, num primeiro momento, a empresa informou não haver condições técnicas para a retirada pela BR-386 e está estudando outras possibilidades.
 
Até o momento, foi possível verificar-se que o motorista do caminhão-trator, um Volvo FH 460 com placas de Muitos Capões-RS, tracionando os dois semirreboques, ambos sem carga, estava em deslocamento no sentido interior-capital e, possivelmente, dormiu ou teve um mal súbito, cruzando a pista e saindo no sentido contrário. 
 
Considerando a grande altura da queda e o fato da cabine estar dentro do arroio, bem como o fato de o motorista não ter sido localizado em outro local, acredita-se - embora ainda não seja possível afirmar-se com certeza - que este não deva ter saído do caminhão, estando ainda na cabine e, neste caso, em óbito.
 
PRF
 

 

 

 

 

 

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE